Como evitar Cupim de Madeira

Algumas medidas preventivas podem ser tomadas de modo a se evitar uma infestação por cupins de madeira seca.

  1. Uso de telas:

    Instalação de telas em janelas e portas, por exemplo, é uma medida simples que evita a entrada de reprodutores alados (“siriris” ou “aleluias”) durante as revoadas.

  2. Utilização de madeiras nobres:

    Madeiras nobres, como peroba, ipê e aroeira são mais resistentes aos ataques dos cupins. Entretanto, essa não é uma medida tão simples de ser tomada, pois essas madeiras são extremamente caras e escassas no mercado, sendo consideradas em extinção para a comercialização devido à sua exploração exagerada.

  3. Utilização de madeiras tratadas:

    Pode-se utilizar madeira de reflorestamento que esteja previamente tratada com produtos que impermeabilizam a madeira, evitando o ataque dos cupins. O tratamento da madeira é um processo eficaz, que pode ser feito de três formas:

    • Aspersão: pulveriza-se o inseticida sobre a madeira ou peça;

    • incelamento: o inseticida é várias vezes pincelado sobre a superfície da peça;

    • Imersão: mergulha-se a peça em um tanque com inseticida.

O tratamento da madeira geralmente mostra-se eficaz como medida preventiva contra o ataque de cupins, entretanto, tal procedimento jamais deve ser realizado por um leigo ou com produtos que não sejam indicados para esse fim, pois o risco de intoxicação é alto.

Procurando Serviço de Descupinização em São Paulo?